Buscar
  • conexão segurança e Saude ltda

Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho

Em 27 de julho é comemorado o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho. A data comemorada desde 1972 foi instituída em um cenário de altíssimos números de casos de acidentes de trabalho, onde em resposta à pressão internacional e a luta de movimentos de trabalhadores, se tornou obrigatório por lei serviços de Segurança e Medicina do Trabalho em empresas com mais de 100 colaboradores. Desde então, leis e normas continuam sendo criadas e aprimoradas para a melhoria das condições de saúde e segurança do trabalho.


De acordo com o Ranking Mundial de Acidentes de Trabalho, divulgado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), os países com mais casos de acidente de trabalho são China, Índia e Indonésia, respectivamente. O Brasil ocupa a 4ª posição, com cerca de 700 mil casos de acidentes de trabalho (Previdência Social, 2020) e 1 morte causada por acidentes a cada 3 horas e 40 minutos. A expectativa é de que esse número seja ainda mais alto por causa de subnotificações dos casos, existentes principalmente por causa de trabalhos sem registros formais.


Por definição, acidente de trabalho é o que “acontece no exercício do trabalho, provocando lesão corporal ou perturbação funcional podendo causar morte, perda ou redução permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho” (art. 19 da Lei nº 8.213/91), e pode ser provocado por ato inseguro ou condição insegura de trabalho. As causas mais comuns são quedas de altura, lesões por repetição ou uso inadequado de ferramentas, utilização do EPI de forma inadequada, cansaço e sonolência, excesso de pressão e estresse e condições inseguras de trabalho.


Para mudar esse cenário o melhor caminho é o da prevenção. Antecipando medidas e cuidados em segurança laboral, contemplando os aspectos objetivos, como uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI), e os subjetivos, como saúde mental e consumo de substâncias psicoativas, é necessário que esse seja um trabalho de educação continuada e que o cumprimento das medidas seja fiscalizado.



A implementação de programas como Mapeamento de Riscos, Diagnóstico Situacional, Programa de Atenção e Prevenção aos Problemas Relacionados a Álcool e Drogas(PAP-PRAD) e a Capacitação dos colaboradores, são aliados na busca de redução dos números de acidentes. Desta maneira, o valor investido em prevenção de acidentes no ambiente laboral será revertido em um aumento de produtividade e qualidade de vida no ambiente de trabalho.



“Prevenir é evoluir: invista em Prevenção e obtenha segurança objetiva e subjetiva para sua empresa” (Selene Franco Barreto, Diretora da Evolução Clínica & Consultoria)




Ana Luiza Sampaio

Evolução Vida- Clínica e Consultoria

Rio de Janeiro, 27 de julho de 2021.

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo