Buscar
  • Evolução Clin e Cons

Dia Mundial de Saúde Mental



Criado pela ONU/OMS em 1992, o Dia Mundial de Saúde Mental, 10 e outubro, foi instituido como iniciativa para chamar a atenção das pessoas e de governos sobre essa preocupante e crescente questão de saúde pública que atinge milhões de pessoas ao redor do mundo, sobretudo jovens e populações expostas à situaçoes de violência e de constrangimentos sociais e econômicos. Nestas quase três décadas o problema da saúde mental só se agravou e aumentou principalmente em países com grandes desigualdades, como nas regiões da América Latina, da Africa e da Ásia. Cabe destacar que o Brasil, entre os países da região da América do Sul, é um dos mais afetados: elevados índices de depressão entre jovens, suicídios e de usuários de álcool e de outras drogas e expostos à violência do tráfico, grande número de vítimas por mortes violentas, de crianças e jovens sem acesso às escolas adequadas... Soma-se como agravante a conhecida situação de falência do Sistema Público de Saúde e da Rede Pública de Ensino que atinge as populações mais carentes, moradores em comunidades sócio-economicamente mais vulneráveis, onde os crianças e jovens sofrem com grande carga de doenças e distúrbios psíquicos que contribuem na genealogia dos problemas relacionados ao consumo de álcool e de outras drogas, da violência urbana, ligada ao tráfico ou assaltos. O que qualquer um pode constatar nas ruas das grandes cidades nos dias de hoje.

Como se pode constatar, já no fim da segunda década do século XXI, o nosso país encontra-se diante de séria e grave situação de atraso no campo da Saúde Mental (e da Saúde Pública em geral...) no que concerne sobretudo às crianças e jovens, sobretudo aqueles mais excluídos pela injustiça social e perversa concentração de renda de um pequeno segmento da sociedade. Os investimentos públicos minguados são sempre muito abaixo do mínimo: só 2% do orçamento do Ministério da Saúde (que já e pouco...) é destinado ao setor. Não temos como avançar na perspectiva de minimizar a atual situação relativa à Saúde Mental, sem levar em conta a necessidade de iniciativas de políticas públicas que foquem na melhoria das condições de vida e de oportunidades para grande maioria da população (minoria só na condição sócio-econômica... Assim, neste dia 10 de outubro em que a ONU/OMS estabeleceu como Dia Mundial da Saúde Mental, o Brasil não pode deixar de fazer uma parada para refletir sobre uma das mais graves questões que são os problemas relacionados ao consumo de álcool e de outras drogas, sobretudo pela população mais jovem, e que atinge à todos de alguma forma, como condição prevalente que atua na gênese relacionada com importante parte do cenário da Saúde Mental em nosso país.


Dr. José Mauro Braz de Lima, PhD.

Prof. Associaado IV da Fac. de Medicina/UFRJ - aposentado; Diretor Médico da Clínica Evolução

4 visualizações

 Acesse seu Webmail

Entre em contato conosco: (21) 2205.7223 / 3826.6817 / 3826.6705

© 2015 por Olho Nu design